Angola,

Okavango-Zambeze acolhe expedição "Land Rover Experience"

Uma expedição turística internacional denominada "Land Rover Experience", num patrócinio da fábrica alemã da Land Rover.

Trata-se da primeira expedição do género, desde que foi inaugurada a ATFC-KAZA, com o roteiro turístico transfronteiriço “Raid de Cacimbo”, em 2018. Segundo uma nota de imprensa, chegada hoje a Angop, os organizadores da referida expedição turística deslocaram-se a componente angolana da ATFC-KAZA, conduzindo os mais recentes modelos a todo o terreno da marca “Land Rover”, para testar o roteiro turístico transfronteiriço de 150 quilómetros, propostos pela parte de Angola.

O roteiro interliga os postos fronteiriços de Bwabwata e Bico de Angola, passando por Jamba, Boa Fé e Benorio. A localidade de Benorio, proposta para o local de acampamento, também mereceu a devida atenção dos organizadores da expedição. No final da visita preliminar dos turistas, os organizadores da expedição mostraram-se satisfeitos pelas paisagens naturais, diversidades da fauna selvagem e história do local, aprovando, por unanimidade, o roteiro proposto e o local de acampamento.

Consideraram que a área ainda desconhecida pelos operadores turísticos da região tem um grande potencial turístico e pode ombrear com os restantes países da ATFC-KAZA, considerados referências turísticas do mundo.

De acordo com o director da Unidade Técnica de Gestão da Componente angolana da ATFC-KAZA, Rui Lisboa, o roteiro turístico transfronteiriço representa a principal aposta do Ministério do Turismo para a promoção do turismo na componente angolana.

Realçou ainda que a realização da expedição turística “Land Rover Experience” deverá marcar definitivamente a inclusão de Angola no roteiro turístico regional da ATFC-KAZA.

Afirmou ser urgente a abertura oficial dos postos fronteiriços de Bwabwata e Bico de Angola, para permitir que os turistas internacionais, visitem a componente angolana da ATFC-KAZA, sem necessidade de autorizações especiais, como tem acontecido até a presente data.

O projecto Okavango-Zambeze é a maior iniciativa transfronteiriça do continente Africano, que liga 36 áreas de conservação a nível de Angola, Zâmbia, Zimbabwe, Botsuana e Namíbia.

A Bacia do rio Okavango cobre uma superfície hidrologicamente activa com cerca de 323.192 quilómetros quadrados.

O seu caudal principal resulta do escoamento de planícies sub-húmidas e semiáridas da província de Cuando Cubango, em Angola, que se estende por uma área de 120 mil quilómetros quadrados, antes de se concentrar ao longo das margens entre a Namíbia e Angola, desaguando num leque ou delta a uma altura de 980 metros.

SIGA-NOS

Inscreva-se na nossa Newsletter

Registe-se e receba todas as nossas novidades, promoções e produtos em destaque.

2019©angolaturismo.ao, Todos os direitos reservados.

brasao2 01 01

Pesquisa