Angola,

turismo
Zaire

Zaire é uma província mística extraordinária de actrativos, históricos culturais e naturais. Recentemente a terra do lendário Reino do Congo foi classificado com Património histórico da humanidade.

Zaire é uma província de Angola. Tem área de 40.130 km² e sua população aproximada é de 600.000 habitantes. Sua capital é M'Banza Kongo (antiga São Salvador do Congo) e está distante de Luanda por 481km. É constituída pelos municípios de M'Banza Kongo, Soyo, N'Zeto, Cuimba, Noqui e Tomboco.

Gastronomia:
Os pratos típicos são a sacafolha (feito com folhas de mandioca), pratos feitos com peixe fresco e seco acompanhados de funge de bombo e pratos com carne de caça.

Acessos:

Pela estrada é possível ir de Luanda, passando pelo Bengo.

Há 2 aeroportos, um no Soyo e outro em M'Banza Congo, que recebem aviões de grande e pequenas dimensões.

Natureza

Caracterizada por uma savana e floresta densa e húmida, esta floresta possui madeiras de alto valor. A mais conhecida delas é o pau-preto.

A província possui alguns rios, sendo os principais, Zaire, Mbridge, Lufunde, Zadi, Cuilo, Buenga.

Locais a Visitar

Festas
As festas da Cidade ocorrem a 25 de Julho em M'Banza Kongo, e a 5 de Abril no Soyo.

  • Pedra do Feitiço, localizada no Soyo;
  • Baia da Musserra, situa-se a 56km de N'Zeto e é óptima para banhos e desportos náuticos;
  • Cavernas do Zau Evua, a 80 km do município de M´Banza Kongo;
  • Quedas do rio M'Bdrige, localizadas em Cuimba oferecem nas suas águas agitadas condições para canoagem e rafting;
  • Foz do Rio Congo, onde o encontro do rio com o mar provoca um ruidoso espectáculo de rara beleza;
  • Canal Pululu, no kwanda, cidade do Soyo, onde um passeio de canoa motorizada é o idela para apreciar a paisagem;
  • Canal do Kimbumba, situado a 2km a leste da cidade do Soyo;
  • Grutas de Senga;
  • Praia das Sereias;
  • Praia dos Pobres;
  • Baia da Musserra, situada em N'’Zeto a 56 km da sede do município;
  • Yala Nkuw (Árvore da força ou do sangue)– fica em M'’Banza Kongo, sendo o único exemplar em África e o lugar onde o Rei do Congo executava as sentenças; segundo a lenda local, esta árvore sangra em honra de quem se senta debaixo dela;
  • Ruínas da Sé Catedral, 1ª igreja de Angola, construída em 1491, em M’'Banza Congo. Foi visitada pelo Papa João Paulo II;
  • Museu Kulumbimbi, antiga Casa do Rei, situada em M’'Banza Kongo;
  • Largo das Igrejas (Sé Catedral Kulumbini, Igreja Baptista, Diocese);
  • Porto Rico e Porto do Pinda, que serviram de porto para exportação de escravos;
  • Ponta do Padrão, situada no Soyo, o 1º porto que serviu para a descoberta de Angola por Diogo Cão em 1482.

 

SIGA-NOS

Inscreva-se na nossa Newsletter

Registe-se e receba todas as nossas novidades, promoções e produtos em destaque.

2019©angolaturismo.ao, Todos os direitos reservados.

brasao2 01 01

Pesquisa